Barbincôr – Manel de Novas

Poradmin

Barbincôr – Manel de Novas

Nha fê, nha sperança

Morrê na sombra de um jardim

Nha fé, nha sperança

Esvaí num mar chei de tarafim

Nha fé nha sperança

Na bô Cabo Verde

Morrê na curva de nha sodad

Na lembrança de nha mocidade

Daquele néba scura que ca tchobê

Nha fé nha sperança já morrê

Num sociedade

Que tud gent conchê bandid ma sport

Barbincôr crê fintam’

El crê pta Sonaize cinza na oi

Ma nêss travessa ca ta passód

Sem bô xurrial ‘tê tcherê ói

Oiá c’ma mim m’ ta disiludid

Nha fé nha sperança já morrê

Sobre o autor

admin administrator

composer

Welcome!

Obrigado pela Visita.

 
Sabias que podes contribuir enviando letras????
Fico à espera!!!!
 
 

 

Obrigado.

Thank you